Palavras ao Vento

ano VIII ...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Dilma x Aécio, segundo turno, lá vamos nós...

Publicado por Cristiano Nadai under , on sábado, outubro 25, 2014

Difícil escolher quando todas as opções parecem perdas e aquilo que se mostra virtude, se confunde nas maquiagens de marketing.

Alternância de poder é uma ideia bonita, quando não são os mesmos que patrocinam as entrelinhas, e as bandeiras que levantamos não estejam sujas da mesma lama que apontamos na camiseta adversária (e não é o teu partido acusado de comprar o direito à reeleição).
Também me parece que não se devia limitá-la apenas ao cargo do executivo federal, ou para o legislativo e governo do estado ela não seria igualmente importante? Não acho que uma situação negue a outra, mas que todos deveriam ser lembrados se também são co-responsáveis por situações que estão sendo insatisfatórias.

Me assusta (embora não surpreenda) o conservadorismo a escorrer atualmente pelas midias sociais, ameaçando deixar marcas nas páginas de quem tem menos chances de se defender, de quem é socialmente minoria. Me assusta (embora não surpreenda) perceber que a direita, que agora tem representantes de forma clara o bastante para começar a justificar tal divisão, se apresente como maior herdeira das manifestações de junho de 2013, a julgar pelos resultados na urna eleitoral.
Somos uma geração que se diz tão moderna e aberta, mas se mostra mais careta e reacionária do que os nossos pais, que cresceram realmente à sombra da ditadura. Somos uma geração que louva militares com ligação ao regime de 1964 que reclamam de suposta falta de liberdade de imprensa e tentativa de instaurar uma ditadura - acho que coerência não rende votos meus caros.

Se dissesse que tudo está ótimo, eu certamente estaria vivendo num universo paralelo. O PT realmente decepcionou em meio à tantos escândalos de corrupção e a negativa dos mesmos. Mas pela primeira vez na história desse país os crimes em meio político estão sendo investigados (o cargo de "engavetador geral da nação" foi revogado). Joaquim Barbosa, que foi alçado à posição de herói e guardião da justiça, teve o seu cargo escolhido pelo Lula... Mas a gente bate o pé que corrupção é só coisa de "petralha". O discurso de combate a corrupção é muito válido, se não falassemos em substituir por alguém tão sujo quanto, embora apanhe menos da imprensa. Ditadura comunista, intensão de transformar o Brasil em Cuba... Alguém leva mesmo isso a sério?

Não podemos tirar a responsabilidade dos estados e municípios nas políticas públicas também (sim, você paga os salários do executivo e legislativo deles por algum motivo e há leis especificando o papel de cada um) e ao menos em São Paulo esse ar de renovação não soprou mesmo após duas décadas - lembrando que foi a polícia do Alckmin que mais reprimiu os populares em junho (o que já é tradição...). É incoerente se proclamar herdeiro e messias de algo que o seu partido repreendeu... Mas tudo bem, isso não sai nos artigos da Veja.

Pelo pouco que observei, me parece que os eleitores do Aécio em grande parte não votam a favor dele mas contra o PT, e a mesma situação ocorre com os eleitores da Dilma. Talvez nulo e branco seriam os candidatos mais coerentes para a maioria (eu incluso) nesse segundo turno.
Se você leu o plano de governo dos candidatos, escutou as propostas (e isso raramente se viu na televisão ou nas redes sociais) e acha que A ou B é melhor, ótimo. Agora se a escolha por um é apenas uma negativa pelo outro... Sinto muito, sinto muito pelo Brasil.
Me resta desejar que seja feita a vontade da maioria e que seja a escolha com menor preço - e que a consciência politica vá além de digitar números à cada dois anos numa máquina.  Talvez o maior saldo positivo dessas eleições tenha sido esse maior envolvimento popular, embora ainda em clima de torcida de clube de futebol... Que isso não se perca durante os próximos 4 anos de governo, independente de quem vencer.

Em off: Texto (mal) rabiscado logo após o segundo turno, mas quis poupar quem ainda passasse por aqui rs.
Em off, mas não tão off: Não tenho pretensão de provocar algum debate isento, se nem as mídias profissionais o fazem - Veja, rede Globo, Folha de SP e cia? haha, mas ao menos assumo a minha posição e não preciso me disfarçar como jornalismo impessoal. Não sou mensageiro de verdade absoluta alguma - quem é?, a maioria que escolherá quem sairá eleito... Mas eu não voto em quem levanta bandeiras oportunistas como a redução da maioridade penal, por exemplo. Ainda mais de forma confusa que permita ao juiz escolher quem será julgado como "adulto" ou "adolescente"... Sabemos claramente que os presídios ainda tem cor e classe social no Brasil e isso não se muda em uma geração infelizmente, mas isso fica para outra discussão. (Proposta do Aécio e um breve comentário sobre a pec 33/2012 em artigo da página Conteúdo Jurídico).

Boa eleição, Brasil! ;)

0 deixaram suas marcas:

Postar um comentário

...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Não limpe os pés antes de entrar...
Tire os sapatos e sinta-se a vontade!
A casa é sua, só peço um pouco de educação e que não venha simplesmente colar uma plaquinha com o seu endereço... No mais, liberdade de expressão é tudo oque há!
Obrigado pela visita e volte sempre, Será bem vindo :)
- Obs: favor deixar algum link (vale facebook, twitter...) ou email em que eu possa responder
- Obs 2: Se preferir, utilize o formulário para contato

 

Palavras ao Vento!

Versos, prosa e erros ortográficos, tudo em conflito!
Verbos se tornam pronomes e do adjetivo se faz um ser... Sob a brisa da madrugada, marés de ideias se colidem e formam Palavras (ao Vento). Se o resultado é bom ou não, só você pode dizer...

:banners:

Protected by Copyscape Duplicate Content Software

Socialize:

Add to Technorati Favorites Arts & Entertainment Blogs - Blog Catalog Blog Directory

Comentando..

Dose diária de poesia?