Palavras ao Vento

ano VIII ...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Dançando no campo

Publicado por Cristiano Nadai under on sexta-feira, maio 30, 2014

Ela vai, com toda a sua graça,
Traçando passos pela trilha da vida
Sem rumo muito certo
Sabe que roteiros são um porre
Mais vale mirar a felicidade na bússola
E ver o belo que o caminho nos trás

Ela segue, em passos leves,
Como uma bailarina dançando no campo
Desenha os seus dias distribuindo cores
Temendo amores e abraçando o caminho
Que no lance de dados, ela mesma escolheu

Ela anda, sem olhar suas pegadas,
Buscando distração pra não lembrar
Sabe que a paisagem sempre muda
Que o tempo urge e até o rio pode secar
Mas o universo conspira
E rega as flores que nem se lembra mais

E levando assim,
Aposta que a vida só pode lhe sorrir
Pode oferecer retorno, ou saudade no fim
Mas em seus sonhos
Sente que valerá cada passo

Em off: Como uma foto, embriagada de sentimentalismo, nos faz viajar...

0 deixaram suas marcas:

Postar um comentário

...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Não limpe os pés antes de entrar...
Tire os sapatos e sinta-se a vontade!
A casa é sua, só peço um pouco de educação e que não venha simplesmente colar uma plaquinha com o seu endereço... No mais, liberdade de expressão é tudo oque há!
Obrigado pela visita e volte sempre, Será bem vindo :)
- Obs: favor deixar algum link (vale facebook, twitter...) ou email em que eu possa responder
- Obs 2: Se preferir, utilize o formulário para contato

 

Palavras ao Vento!

Versos, prosa e erros ortográficos, tudo em conflito!
Verbos se tornam pronomes e do adjetivo se faz um ser... Sob a brisa da madrugada, marés de ideias se colidem e formam Palavras (ao Vento). Se o resultado é bom ou não, só você pode dizer...

:banners:

Protected by Copyscape Duplicate Content Software

Socialize:

Add to Technorati Favorites Arts & Entertainment Blogs - Blog Catalog Blog Directory

Comentando..

Dose diária de poesia?