Palavras ao Vento

ano VIII ...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Da janela

Publicado por Cristiano Nadai under on sábado, março 30, 2013
and_from_our_window_by_LonelyPierot-[1]

Da janela, eu vejo a vida
Passar em sorrisos alheios
Gastando tempo
Contando o tempo
E deixando o dia envelhecer

Da janela, não sinto o sol
Aquecendo o meu corpo inteiro
Descolorindo em cinza
Soprando as cinzas
E deixando a brasa se perder

Da janela, eu lamento a sorte
De quem não se leva à rua
De quem não cai na dança
E se sufoca nos passos 
Que tem medo de dar

Da janela, me esqueço
Onde encontro a maçaneta
E as chaves desta porta 
Que nesta sina torta
Eu insisto em me trancar

 
Devidos créditos >>> Imagem original: and from our window, por LonelyPierot.
 
Em off: Ah, os finais de semana acompanhando as atualizações alheias no facebook…

2 deixaram suas marcas:

Anônimo disse... @ 6 de novembro de 2013 09:44

Não sei que idade tens
Se é mocinha ou mulher feita
Mas uma coisa posso dizer
Que cabecinha boa tens.
Quem sou?
Sou um ladrão de poemas
Sem querer cai aqui
Busco poemas interessantes
Coisas que eleva a alma.
Pra mim? Não!
Pra mandar para um admirador.
Peço licença para entrar
Pois aqui vejo um jardim florido.
E algumas coisas hei de pegar.
Abraços,
Parabéns.

Malu Silva disse... @ 28 de dezembro de 2013 17:54

Um FELIZ ANO NOVO!
Que o novo tempo que vem chegando seja repleto de grandes realizações, muita PAZ, SAÚDE e SABEDORIA!!!
Um abraço

Postar um comentário

...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Não limpe os pés antes de entrar...
Tire os sapatos e sinta-se a vontade!
A casa é sua, só peço um pouco de educação e que não venha simplesmente colar uma plaquinha com o seu endereço... No mais, liberdade de expressão é tudo oque há!
Obrigado pela visita e volte sempre, Será bem vindo :)
- Obs: favor deixar algum link (vale facebook, twitter...) ou email em que eu possa responder
- Obs 2: Se preferir, utilize o formulário para contato

 

Palavras ao Vento!

Versos, prosa e erros ortográficos, tudo em conflito!
Verbos se tornam pronomes e do adjetivo se faz um ser... Sob a brisa da madrugada, marés de ideias se colidem e formam Palavras (ao Vento). Se o resultado é bom ou não, só você pode dizer...

:banners:

Protected by Copyscape Duplicate Content Software

Socialize:

Add to Technorati Favorites Arts & Entertainment Blogs - Blog Catalog Blog Directory

Comentando..

Dose diária de poesia?