Palavras ao Vento

ano VIII ...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Nuvens Passageiras II

Publicado por Cristiano Nadai under on sábado, julho 11, 2009
Blue blue sky As nuvens voltaram
A primavera está longe do fim...
São apenas chuvas passageiras
Pequenas demais, para nos atingir

Chuvas mansas no meu jardim
Regam o amor que plantei em você
Deixa eu cuidar de suas sombras
Salvar os restos das minhas flores
Que um dia coloriram nosso coração

Sinto que o tempo sobre mim desabou
Faz sol e chuva no meu canteiro
Nascem espinhos e rosas
Na terra do meu próprio mundo
Que um dia foi seu

Vivo todas estações em um dia
Vivo as cores que você havia me dado
O amor quente do verão
O Frio na barriga
E as flores desabando no meu chão

Sua ausência cresce
Não restou mais vida
Apenas um homem que fingi
Dias felizes numa vaga lembrança.
Imagem: Blue blue sky, por Eevee90

O poema acima é fruto de quatro mãos, escrito por mim e pela Juliana Santos, do “Entre o real e o imaginário” (na verdade a Ju fez milagres e lapidou/recriou um fraco rascunho que tinha lhe apresentado). Enfim, são versos que simbolizam uma doce amizade. Não é o primeiro “filho nosso” que posto por aqui, “Flor do sertão” também é obra da mesma parceria. Deixo aqui os agradecimentos e um enorme abraço! 7777777
Em off: De volta ao lar? Nem tanto… Mas senti (e sinto) muita saudade. Pretendo fazer o possível para não deixar o blog abandonado por tanto tempo, porém não assumo promessas, nunca pensei que a faculdade iria cobrar tanto de mim rs.


17 deixaram suas marcas:

Cris Santos disse... @ 12 de julho de 2009 01:30

Minhas sinceras desculpas à todos que caminharam por aqui nestes ultimos meses e não encontraram nada novo ou respostas para seus comentarios :/
De blog em blog vou colocando as pedras em seus devidos lugares...

juliana santos disse... @ 12 de julho de 2009 11:25

Cris fico muito feliz de te ver por aqui novamente, e você sabe somos amigos de verdade, uma amizade distante, mais pura, é um prazer contribuir com minhas palavras...sempre que precisar estarei prontinha para te ajudar no que for...
mais não é que ficou legal mesmo o poema, ate da uma musica...rs
Muito obrigada pelo agradecimento,
bjos !!! meu amigão!

Káh disse... @ 12 de julho de 2009 15:58

Que lindoooooo...

... Mas agora tem que começar a entrar no clima de Barretos.. faz repente! :P

Lua Muller disse... @ 12 de julho de 2009 20:48

Nossa... vou roubar tuas palavras para mim tbm. É natural do ser humano aquela sensação de precisar viver a vida, de ter os momentos escapando-lhe por entre os dedos, de precisar viver antes que a vida passe sem que se perceba...
A ausência, a saudade, a solidão... Mas sempre fica a vontade, o desejo, a esperança...
A vida é uma caminhada completa, que em cada passo se completa e se desfaz ao mesmo tempo. A vida é um caminho que precisa apenas ser trilhado, aproveitado... Viver e não apenas deixar-se viver...

Lua Muller disse... @ 12 de julho de 2009 20:54

Ah... e não suma não... Gosto do que tu escreve... Se quiser me add no msn (luaskt@hotmail.com) pra gnt conversar mais... Beijão!

palloma.limirio@gmail.com disse... @ 13 de julho de 2009 22:24

teus versos são bem mais gostosos que mi... que a moqueca do meu texto =D

delicia Cris, só podia vir de vc.
Bjos e bom te "ver"

Lais disse... @ 14 de julho de 2009 09:54

Hey!!!
Belo poema....Parabéns!!!


Espero que não suma novamente.


beijooo

Gerly disse... @ 14 de julho de 2009 23:33

Cris, faculdade tem dessas coisas, querido!

Como dizia minha mãe, primeiro a obrigação, depois a devoção.

Beijokas!

:o)

Iza disse... @ 19 de julho de 2009 15:15

Oi, Cris!
Também estou nesta loucura que é o rigor acadêmico mas, sempre estou lembrando deste cantinho, com carinho!

Beijos!

luzdeluma disse... @ 23 de julho de 2009 18:39

Cris, vem pelo menos de vez em quando dizer que está bem, tá bom? E estude bastante!! Beijus

libido disse... @ 21 de agosto de 2009 08:30

Estava muito estressada e entrei na internet para "relaxar" e encontrei o seu blog, adorei, muito bonmito e me fez pensar em muitas coisas...

André disse... @ 3 de setembro de 2009 14:19

Bom antes de mais nada vejo que vc participa do mesmo problema que eu "Faculdade" e como sei que a falta de tempo pra tudo é rotina em nossas vidas, vamos levando como dá e principalmente toda vez que possível fazer aquela visitinha.
Quanto ao poema.. lindo, eu como deve saber adoro poesia, poema, sonetos, prosas emfim.. tudo que me ligue a esse mundo da expressão pela escrita. continue amigo. Abraço. André


aindaeu.zip.net

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse... @ 5 de setembro de 2009 13:08

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

André Silva disse... @ 5 de setembro de 2009 14:29

Eita rapaz....tá em estado hibernativo também filho.... espero que o seu acabe logo abraços e boa semana

André Silva disse... @ 15 de novembro de 2009 13:51

Como é que é! (como diria minha vizinha) não vai atualizar não cris? saudade dos seus posts, mesmo. abraços

Victor Chandler disse... @ 20 de novembro de 2009 07:36

nao sei se é pela alternância de estrofes ou porque o Cris ficou explicando, mas é como se houvesse alternância de duas vozes também. E o efeito é muito bonito. Cheguei aqui por acaso, mas pelos vistor, pode ser que volte

credito pessoal disse... @ 25 de maio de 2010 08:08

Gostei muito mas quem gosta mesmo de poesia é minha mulher.

Postar um comentário

...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Não limpe os pés antes de entrar...
Tire os sapatos e sinta-se a vontade!
A casa é sua, só peço um pouco de educação e que não venha simplesmente colar uma plaquinha com o seu endereço... No mais, liberdade de expressão é tudo oque há!
Obrigado pela visita e volte sempre, Será bem vindo :)
- Obs: favor deixar algum link (vale facebook, twitter...) ou email em que eu possa responder
- Obs 2: Se preferir, utilize o formulário para contato

 

Palavras ao Vento!

Versos, prosa e erros ortográficos, tudo em conflito!
Verbos se tornam pronomes e do adjetivo se faz um ser... Sob a brisa da madrugada, marés de ideias se colidem e formam Palavras (ao Vento). Se o resultado é bom ou não, só você pode dizer...

:banners:

Protected by Copyscape Duplicate Content Software

Socialize:

Add to Technorati Favorites Arts & Entertainment Blogs - Blog Catalog Blog Directory

Comentando..

Dose diária de poesia?