Palavras ao Vento

ano VIII ...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Museu de cera

Publicado por Cristiano Nadai under on domingo, novembro 02, 2008
kate-moss
Museu de cera
tão frio, tão belo
Pena que seus olhos
não podem mais ver
Seus traços agora
Se tornaram desejos
pulsando meu dom
te recriei em arte
E em cada detalhe
modelei com meus dedos
teus beijos, teus seios 
lembranças que ardem
Mas eu sei, é verdade
nem tudo é perfeito
para tornar-te tão viva
foi preciso dançar com a morte
Imagem: estatua em cera de Kate Moss no museu Madame Tussauds, de Londres; com a qualidade "levemente" comprometida devido a minha notável falta de talento com editores de imagem =/.
______________________________________________________________________________________
Convites & propaganda: Depois de sete meses resolvi aparecer lá na Nau das Lamentações, provar que estou vivo e tentar convencer a todos de que ainda é um blog coletivo. A quem interessar, o post é esse: O amor e meus problemas. Agora que reaprendi o caminho, voltarei sempre!
E aproveitando o clima de nostalgia, ressuscitei um velho blog, dei um retoque geral (não reparem no template coloridinho, é a falta de opção da hospedagem grátis do wordpress, mas vou trocar)  e atualizei depois de meses. Vou aproveitar e postar nele os poemas que eu não tenho mais gravado por aqui, até quando vou mantê-lo? Não sei. Se quiser dar uma espiada, o link é esse: Quase Blog.

10 deixaram suas marcas:

bat_trash disse... @ 2 de novembro de 2008 06:10

É como se os respingos de energia de Quasar, este mistério do universo, tivessem batido sobre tuas portas e janelas, e elas se escancararam de beleza e poesia na junção de palavra e imagem!
Depois vou nos teus dois blogues conferir.

Bat Kiss.

Luciana disse... @ 2 de novembro de 2008 17:32

Oi Pretinho!
Obrigada viu pela visita la no meu cantinho.Atóroooooooon rs
Eu sei q existe homens que fogem a regra,apesar de achar que é uma lenda urbana rs,mais se vc é assim namora comigo(BRINCADEIRINHA,brincadeirinha,calma rs)
Obrigada mesmo pelo comentário viu!!!
Bjinho
Ah depois vou lá no seu blog,to correndo,atrasada p igreja rs

Cris Santos disse... @ 2 de novembro de 2008 18:34

Lu, brincadeirinha?
assim não vale, eu já estava todo feliz aqui rs
Beijos!

Nathália disse... @ 2 de novembro de 2008 23:18

Hahaha. A imagem tá boa, liga não.
E o template do Quase Blog nem é tão coloridinho. É bem bonitinho, aliás... Rsrs

Aliás, mudei o template do meu...
Beijo!

Gerly disse... @ 3 de novembro de 2008 00:50

Cris, a poesia é sua? Bela, muito bela!

Bjoka!

:o)

Srtª Amora disse... @ 3 de novembro de 2008 19:13

estranhamente algo me soou sexy nisso... deve ser a morbidez... =D

já passei pelos outros.

karolina disse... @ 4 de novembro de 2008 11:41

Oi Cris! ...mas sobre a foto, achei q ficou legal. Eu é q sou ruim com editores de imagem. Já joguei tanta coisa fora Rsrsrs. Sobre os versos, ficaram lindos. Estava sentindo falta do seu lado poético =) Museu de Cera está anunciando a volta da poesia nesse blog?! Podemos dizer isso? Por enquanto, o mistério :O

"Escrever é conhecer o mundo das palavras,habitando outras vidas,outras emoções; é viver uma vida revivendo outras." Meu abraço!

André disse... @ 4 de novembro de 2008 13:49

Uma fria expressão ainda pode provocar um fogo, nas mãos de quem sabe exatamente como colocar as palavras. Bela poesia Cris.
Abraços amigo.

aindaeu.zip.net

Camila :) disse... @ 4 de novembro de 2008 16:26

Mas eu sei, é verdade
nem tudo é perfeito
para tornar-te tão viva
foi preciso dançar com a morte
*--* nossa essa foi a melhor parte pra mim,
amore qm foi q fezseeu layout do blog?


bejoo

Iza disse... @ 5 de novembro de 2008 09:16

Sempre vejo algo enigmático nas poesias.Algo que não consigo definir.
Vim para dizer que nunca esqueço este lugar. Visitei os outros...
Estás que nem eu, escrevendo em vários blogs. Se eu te contar quantos blogs já tive... comecei e não pude continuar...
Adoro este blog e principalmente o visual do cabeçalho!
A moça da imagem parece estar viva a ler... e ler.. teu poema.
Beijos!

Postar um comentário

...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Não limpe os pés antes de entrar...
Tire os sapatos e sinta-se a vontade!
A casa é sua, só peço um pouco de educação e que não venha simplesmente colar uma plaquinha com o seu endereço... No mais, liberdade de expressão é tudo oque há!
Obrigado pela visita e volte sempre, Será bem vindo :)
- Obs: favor deixar algum link (vale facebook, twitter...) ou email em que eu possa responder
- Obs 2: Se preferir, utilize o formulário para contato

 

Palavras ao Vento!

Versos, prosa e erros ortográficos, tudo em conflito!
Verbos se tornam pronomes e do adjetivo se faz um ser... Sob a brisa da madrugada, marés de ideias se colidem e formam Palavras (ao Vento). Se o resultado é bom ou não, só você pode dizer...

:banners:

Protected by Copyscape Duplicate Content Software

Socialize:

Add to Technorati Favorites Arts & Entertainment Blogs - Blog Catalog Blog Directory

Comentando..

Dose diária de poesia?