Palavras ao Vento

ano VIII ...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Danças

Publicado por Cristiano Nadai under on quinta-feira, setembro 18, 2008

dancas

Chamei a noite pra dançar
desce, branca e leve, a lua
e me dá um beijo, doce ventania
num suave abraço de plumas

Um brinde de taças ao amor
brilha, bela e forte você
e me empresta sua luz por um instante
um eclipse da certeza do ser

Danço valsas, danço sonhos
passos no meu palco de nuvens
e no compasso exato, do tempo imutavel
danço eu que não sei dançar

Viva os postssauros! já fazia algum tempo que não republicava, então busquei esse rascunho de poema, tatuado no Palavras pela primeira vez em 07/11/2007... Estou parecendo um arqueólogo? Ah, recebi dois selos na semana passada, um da Grazielle e outro do André, Muito obrigado, claro que não esqueci e assim que for possivel eu repasso!

22 deixaram suas marcas:

Cin disse... @ 18 de setembro de 2008 11:19

As vezes eu tbém recorro aos postssauros. Solução eficiente pra driblar a falta de inpiração ou de tempo. Mas sempre tem alguem que não leu e que adora, assim como eu nesse seu poema.
Bjos Cris!

Cris Santos disse... @ 18 de setembro de 2008 11:25

Cin, o seu foi o comentário nº 500 :)

Nathália disse... @ 18 de setembro de 2008 17:56

Dançar liberta os pensamentos...
Lindo!

GUILHERME PIÃO disse... @ 18 de setembro de 2008 18:00

Dançar espanta os males...
E parabéns pelo selo....
Abraços

Oogie Boogie disse... @ 18 de setembro de 2008 18:45

Hey,
To devendo uma visita aqui ja faz um tempo!
Gostei muito do blog, bem legal mesmo!

Principalmente desse, inda mais eu, que danço desde que me entendo por gente!
Visitante daki ja!

Abraços, aguardando vsitas
;)

Júnior Creed disse... @ 18 de setembro de 2008 18:52

Grande Cris, saudade daqui. mas percebo uma coisa mais harborizada, um clima mais aconchegante. o layout novo está mto lindo, me dá paz... enfim, sua poesia dançante, fez-me lembrar Amado da Vanessa da mata. qdo ela praticamente suplica: quero dançar com vc, dançar com vc... mto bom estar de volta aqui e a esse mundo. um abraço apertado!

Gabriele disse... @ 18 de setembro de 2008 21:18

Um brinde ao amor! Sempre!
:)

Tudo bem, Cris?
Gente, desculpa. Eu me confundi com os selos. :O haha Desculpa mesmo. Mas, de qualquer forma, obrigada pela indicação que ia fazer e ainda nem sabia. haha

Beijos.
Continue dançando com a noite.

biazinha disse... @ 19 de setembro de 2008 07:20

E viva os postssauros mesmo...pois é um belo poema!

T disse... @ 19 de setembro de 2008 12:18

envolvente!

janao disse... @ 19 de setembro de 2008 17:17

acho que já disse tudo...
genial . ;)

Polêmica disse... @ 20 de setembro de 2008 17:40

Oi Cris, lendo esse poema me lembrei da música "dance bem, dace até sem saber dançar" (rsrs)..e é assim que tem que ser, vamos seguir dançando durante a vida!!!

Beijinhos!

biazinha disse... @ 20 de setembro de 2008 21:13

Epa, mas não fiquei aborrecida com nada não...foi só um post, e não houve ofensa. E o teu comentário foi coerente, pior foi um outro que dizia que eu era tão novinha e tinha essa visão da vida.
Pode ter certeza que há visitantes que são inconvenintes, mas sem dúvida, definitivamente, este não é o seu caso.
Volte sempte, pois afinal, você me acompanha desde o início.
Beijão.

Cris Santos disse... @ 20 de setembro de 2008 22:17

Acho que estou trocando tudo hoje =/
Biazinha, deixa eu me corrigir pela segunda vez? xD
Te conheço o suficiente para saber que não ficou aborrecida :), só quis acertar o que eu tinha dito...
Claro que volto;)
Amo-te oras e não deixaria de ter o prazer de ler oque escreve tão facil assim rs
Me desculpe pela confusão :)
Beijos!

merthiolatedigital disse... @ 20 de setembro de 2008 22:31

Oi
Que bom que gostou, também gostei muito daqui. Voltarei sempre.

ah... estou lendo seus poemas e adorei viu !

Marília disse... @ 21 de setembro de 2008 11:30

Oi Cris!! Obrigada por comentar no meu blog, sim, aquele perfil era a minha pessoa.. hahaha... só que eu estou logada no orkut, e não no blog, que são dois e.mails diferentes!
Aí eu tenho a maiooor preguiça de mudar de e.mail e acabo comentando apenas como Marília, mas sou eu, do 'uma coca quente' :)
Beijos!

Sobre opiniões disse... @ 21 de setembro de 2008 12:12

Oi Cris
td bem???
tô voltando aki de novo......
Adorei o post...
sem contar a figura...
linda, suave...
dança é isso né???
Bjos Bjos!

André Kaworu disse... @ 21 de setembro de 2008 13:14

Falaaaaaaaaaaa não precisa agradecer pelo selo jovem, vc mereceu realmente! quando ao postssauro, gostei do poema curtinho, meio ingênuo escrito por alguém mais jovem do que vc é atualmente, ver textos antigos e compara-los com os novos pode ser engraçado, vc se surpreende como melhorou. abraços e boa semana

Natália Alana disse... @ 21 de setembro de 2008 14:10

você escreve incrivelmente bem

Natália Alana disse... @ 21 de setembro de 2008 14:10

você escreve incrivelmente bem

Ana.B disse... @ 21 de setembro de 2008 15:16

oi! vi teu link no portal dos blogs e adorei seu espaço, q atmosfera boa q tem aqui. Gostei do post e vou voltar pra ler mais. Bjos e muita inspiraçao pra mais versos como esses.

Mary disse... @ 21 de setembro de 2008 19:36

Olá, tudo bem!
Lindo poema, é muito bom vir aqui, sempre com lindos posts.
Retribuindo a visita, uma boa semana!
Bjs

Cris Santos disse... @ 21 de setembro de 2008 22:00

Oi Natália
Fico feliz que vc tenha gostado :)
Agradeço o elogio, mas sei que sou apenas um aprendiz... Quem sabe um dia? rs

Como não deixou nenhum link/email, respondi por aqui mesmo, oks?
Muito obrigado pela visita, e saiba que sempre que quiser voltar, será bem vinda ;)
Beijos!

Postar um comentário

...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Não limpe os pés antes de entrar...
Tire os sapatos e sinta-se a vontade!
A casa é sua, só peço um pouco de educação e que não venha simplesmente colar uma plaquinha com o seu endereço... No mais, liberdade de expressão é tudo oque há!
Obrigado pela visita e volte sempre, Será bem vindo :)
- Obs: favor deixar algum link (vale facebook, twitter...) ou email em que eu possa responder
- Obs 2: Se preferir, utilize o formulário para contato

 

Palavras ao Vento!

Versos, prosa e erros ortográficos, tudo em conflito!
Verbos se tornam pronomes e do adjetivo se faz um ser... Sob a brisa da madrugada, marés de ideias se colidem e formam Palavras (ao Vento). Se o resultado é bom ou não, só você pode dizer...

:banners:

Protected by Copyscape Duplicate Content Software

Socialize:

Add to Technorati Favorites Arts & Entertainment Blogs - Blog Catalog Blog Directory

Comentando..

Dose diária de poesia?