Palavras ao Vento

ano VIII ...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Céu Azul

Publicado por Cristiano Nadai under , on sábado, março 08, 2008

As vezes é poesia não ver cinza no céu

mas surpresa, o dia esta tão claro

talvez seja só porque abri as cortinas

Mas se não fossem os seus olhos, seria o mesmo quadro

Do nosso lado, agora um jardim de cores

Vejo belo arco-iris brilhar no fim do tunel

É até possivel, seja só ilusão

mas no meu deserto brotaram flores

E esse delirio é o real que eu quero ter

Por um momento, atraves de sorrisos

Transformo sonhos em concreto

Enquanto alcanço o mundo em seu abraço

On-line - são quase 21:30, mas parabens à todas pelo dia internacional das mulheres (confesso, oque seria do mundo sem vocês?)

Em Off - comecei um blog coletivo, por enquanto em parceria com o giovanni e a larissa, se tiver um tempinho, e quiser passar por lá, será bem vindo >>>  Nau das Lamentações

21 deixaram suas marcas:

Pankwood disse... @ 9 de março de 2008 03:49

O que seria do mundo sem as mulheres ???
Resposta: Um mundo bem melhor, hehe....zuera, zuera ...

Parabéns a todas as mulheres do mundo !

Mandiiê disse... @ 9 de março de 2008 13:49

Seus poemas são sempre lindos. Queria ser ligada assim em poesia. Sou um 0 à esquerda nisso. ¬¬'

HAHAHA, obrigada. O mundo seria bem menos complicado sem nós mas, bem, qual seria a graça?


Sim, siim, passarei lá!

Um beijo!

biazinha disse... @ 9 de março de 2008 18:19

Não importa se o céu estiver cinza ou azul, a poesia pulsa e se impõe:às Vezes é poesia ver o céu escuro e sentir o som da água da chuva como melodia em nossos pensamentos.
Bem lírico esse poema!
Boa semana pra vc!

Bjin

^^

biazinha disse... @ 9 de março de 2008 18:19
Este comentário foi removido pelo autor.
Si disse... @ 9 de março de 2008 20:19

Cris,bota coincidencia nisso hemm? Se vc ainda não foi lá no blog dela vá, é gente boa demais.Seu "lugar" já é cativo na categoria TIO..rs obrigada pela homenagem. bjssss

Júnior Creed disse... @ 10 de março de 2008 09:53

Cris, sua poesia leve me arrebatou essa manhã, aliás, nessa manhã confusa e cinza. eu tb quero alcançar o mundo num abraço e ter um jardim de cores do meu lado. um dia, quem sabe. um abração, man!!!!

Grazielle disse... @ 10 de março de 2008 22:43

Lindo... lembrou-me o comentário de minha colega... de que meus textos são tristes porque escrevo poesia!

Eu sabia que existia poesia com final feliz!!!!!!!!!!!!!


:***********************

Cris disse... @ 11 de março de 2008 08:37

"Transformo sonhos em concreto enquanto alcanço o mundo em seu abraço". Muito linda a presença de tanta esperança, nos seus versos e a fé nesse seu amor. Parabéns.

jaime disse... @ 11 de março de 2008 12:34

o belo se faz mais belo quando olhamos atraves dos olhos que veem a beleza.
parabens por ter olhos para a beleza.
abraços

jaime disse... @ 11 de março de 2008 12:34

o belo se faz mais belo quando olhamos atraves dos olhos que veem a beleza.
parabens por ter olhos para a beleza.
abraços

MH disse... @ 11 de março de 2008 14:26

Pela poesia to achando que ce ta apaixonado..sei nao...sei nao...abraçao

tarciso disse... @ 12 de março de 2008 08:30

Cris. Algumas convicções nos sustentam e, entre estas, uma das mais despojadas mas imensamente significativa é saber que mesmo que hajam nuvens densas prejudicando a visão, além das núvens o céu permanece sempre azul!!!

Cin disse... @ 12 de março de 2008 10:01

"E esse delirio é o real que eu quero ter
Por um momento, atraves de sorrisos
Transformo sonhos em concreto
Enquanto alcanço o mundo em seu abraço."

Que coisa linda isso Cris...já valeu meu dia só po ter lido algo tão bonito.

Bjinhos!

Siegrfried disse... @ 12 de março de 2008 11:44

Olá Caro amigo!
Poetas somos todos!
Poetas sonham, poetas compreendem!
Tu és um bom poeta, eu sou poeta, a menina na rua é poetisa!
Basta sonhar, e sonhando poetizamos!
Gostei dos teus versos!

biazinha disse... @ 12 de março de 2008 13:18

Uauuuuuuu...amei o seu comentário!
Não importa quanto tempo levará para vcs repassarem os selos, e não me arrependo...vcs são realmente blogueiros que sabem comentar.
Bjuxxx.

^^

MH disse... @ 12 de março de 2008 13:55

Finalmente, fiz um post agradecendo o preminho que voce me deu.

Verônica Martinelli disse... @ 12 de março de 2008 22:02

Obrigada pela referencia ao dia da mulher:)

Sobre o texto, Comparei-o a Alice no País do Espelho, do lado de lá tudo é ao contrário.
Ou seja o não oposto eo oposto de um querer, de um desejo, de um amor...pois só ele ve um arco-íris no fim do túnel..

"Do nosso lado, agora um jardim de cores
Vejo belo arco-iris brilhar no fim do tunel
É até possivel, seja só ilusão
mas no meu deserto brotaram flores"

Beijos

Osc@r Luiz disse... @ 13 de março de 2008 14:11

Pois então, meu amigo...
Eu tenho outro blog que você provavelmente não conhece, chamado "Coisas de Mato Grosso" (não, não é propaganda... já vai ver porque estou dizendo isso), e na virada de 2007 para 2008, o meu post de "reveillon" é justamente uma cena inusitada que eu consegui fotografar. Trata-se de um arco-íris duplo, que eu jamais havia visto. Mesmo não sendo no fim do túnel, ainda assim, achei que valia o registro.
Ok, já falei demais. Vou pegar meu barco e ir atrás da Nau das Lamentações!
Um abraço!

biazinha disse... @ 14 de março de 2008 23:34

Post novo.
Bom fim-de-semana!
Kiss and love.

^^

Maíra disse... @ 16 de março de 2008 18:24

como sempre textos impactantes nada como ter alguém em nossos braços...e obrigada pelo parabéns srsrrs...bjjs se cuidaaa

Júnior Creed disse... @ 16 de março de 2008 20:45

querido, atualiza!!!! rsrs quero postagens novas. um abração!!!!

Postar um comentário

...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Não limpe os pés antes de entrar...
Tire os sapatos e sinta-se a vontade!
A casa é sua, só peço um pouco de educação e que não venha simplesmente colar uma plaquinha com o seu endereço... No mais, liberdade de expressão é tudo oque há!
Obrigado pela visita e volte sempre, Será bem vindo :)
- Obs: favor deixar algum link (vale facebook, twitter...) ou email em que eu possa responder
- Obs 2: Se preferir, utilize o formulário para contato

 

Palavras ao Vento!

Versos, prosa e erros ortográficos, tudo em conflito!
Verbos se tornam pronomes e do adjetivo se faz um ser... Sob a brisa da madrugada, marés de ideias se colidem e formam Palavras (ao Vento). Se o resultado é bom ou não, só você pode dizer...

:banners:

Protected by Copyscape Duplicate Content Software

Socialize:

Add to Technorati Favorites Arts & Entertainment Blogs - Blog Catalog Blog Directory

Comentando..

Dose diária de poesia?