Palavras ao Vento

ano VIII ...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

FELIZ ANO NOVO !

Publicado por Cristiano Nadai under on segunda-feira, dezembro 31, 2007
Não peça nada a Deus. Seria um contra-senso Deus fazer algo por você. Digamos que o Mundo estava com problemas, pediu a Deus que mandasse algum tipo de ajuda, e Deus mandou você. Agora, é entre você e o Mundo. Te vira, véi.
Não peça nada ao Destino. Esta é uma grave contradição filosófica, daquelas de fazer Aristóteles se revirar na tumba. “Destino” é um futuro que já aconteceu, que não pode mais ser modificado. Não perca seu tempo.
Não peça nada ao Acaso. O Acaso é quem governa este Universo, e é da natureza dele não escutar pedidos, mas aceitar interferências. Interfira, aja, interrompa, redirecione, transforme. O Acaso agradece.
Não peça nada aos Santos. Santo não é quem toma providências: quem toma providências é médico, bombeiro, mecânico, assistente social... Santo é quem sofre sem se queixar. Deixe que sofram em paz.
Não peça nada ao Governo. O Governo é um brontossauro de cinqüenta patas e trinta pescoços, caminhando aos trancos e barrancos através da jângal antediluviana. Esperar dele alguma coisa que se aproveite equivale a subir pela sua cauda e ir morar numa choupana em seu dorso, tentando convencê-lo a seguir no rumo desejado. Esquece. Melhor ir a pé.
Não peça nada aos Bancos. Por definição, Bancos só dão remédio a quem vende saúde, só mandam marmitas gratuitas para os donos de restaurantes, e só oferecem absolvição espiritual aos cardeais do Vaticano.
Não peça nada às Autoridades. Autoridades são programadas apenas para obedecer ordens. Ou você tem cacife pra já chegar falando grosso, ou então é melhor deixar pra lá.
Não peça nada à Mídia. A Mídia acha que o anonimato é contagioso, e que a Fama também. Olhe pra trás, e veja se ela está indo no seu rastro ou não. Problema dela.
Não peça nada à Sorte. Sorte foi feita pra gente abrecar pela abertura, encostar no canto da parede, e dizer a que veio. Se você tiver pegada, a Sorte se derrete todinha.
Não peça nada à Humanidade. Ofereça e faça antes que ela peça. Existe no Universo uma Lei de Conservação da Energia Psíquica. Mais cedo ou mais tarde alguém fará o mesmo com você.
E pronto. Feliz ano-novo, bibibi, bobobó. Vá à luta, meu camaradinha. Tá olhando o quê?

autoria: Braulio Tavares (retirado de http://www.novacultura.com/0501literatrip.html)


Desejo a todos um feliz ano novo, cheio de paz, amor, $$, e q tdos os seus sonhos se realizem... Só não se esqueça de fazer a sua parte... ja que deixei a criatividade em casa : "Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome,você, meu caro, tem de merecê-lo,tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."(Drummond)

3 deixaram suas marcas:

Thiago disse... @ 3 de janeiro de 2008 19:13

É camarada,se você quer algo bem feito;faça você mesmo!
Da minha visão pessoal,sorte,autoridades,governos,mídia,destinos,DEUSES,acasos...
Somos que fazemos!
É da cabeça do homem que isso tudo ganho vida,cor e fãns.
Nossa sorte quem faz somos nós.Nosso destino,é feito com nossos passos,decisões.
Autoridades,governantes,mesmo que não sejam bons,fomos nós que os colocamos lá.
Então do que,ou pra quem reclamar ou pedir ajuda?
A Deus?
Ou seria ele uma mera imagem,ou força imaginada e criada pelo homem para explicar o inexplicável,para se ter mágica e esperança,muitas vezes em vez de alguma razão.
Somos farelo de algo maior.
Somos sobra do piquenique de alguém que veio passear, e satisfeito foi tirar uma soneca.
Por isso camarada,sou fã desses seres humanos,tão capazes e criativos,ou imaginativos.
Tão mágicos e inexplicáveis.

Maria Fernanda xxxx

ps:Também sou fã do seu blog camarada!
Gostei tanto do assuntoque transformei em post,vê lá.
E ah,não sou comunista,não se preocupe.

juliana santos disse... @ 4 de janeiro de 2008 11:10

Oi Cris!
feliz ano novo, torço para que esse ano que começa, branquinho, seja pintado com muitas felicidades...
to com saudades de vc meu amigo,
bjo

Júnior Creed disse... @ 6 de janeiro de 2008 18:20

Cris, somos os donos da situação, tudo mudo e tudo permanece pq queremos, pq o poder está em nosso olhar apurado e na nossa boa vontade. chega de culpar Deus, o mundo, Lula, o diabo, sei lá, e admitimos nossos erros. a mudança só chega para quem quer mudar. feliz 2008!

Postar um comentário

...entre os catetos da hipotenusa e os versos do soneto...

Não limpe os pés antes de entrar...
Tire os sapatos e sinta-se a vontade!
A casa é sua, só peço um pouco de educação e que não venha simplesmente colar uma plaquinha com o seu endereço... No mais, liberdade de expressão é tudo oque há!
Obrigado pela visita e volte sempre, Será bem vindo :)
- Obs: favor deixar algum link (vale facebook, twitter...) ou email em que eu possa responder
- Obs 2: Se preferir, utilize o formulário para contato

 

Palavras ao Vento!

Versos, prosa e erros ortográficos, tudo em conflito!
Verbos se tornam pronomes e do adjetivo se faz um ser... Sob a brisa da madrugada, marés de ideias se colidem e formam Palavras (ao Vento). Se o resultado é bom ou não, só você pode dizer...

:banners:

Protected by Copyscape Duplicate Content Software

Socialize:

Add to Technorati Favorites Arts & Entertainment Blogs - Blog Catalog Blog Directory

Comentando..

Dose diária de poesia?